Tudo sobre a Agricultura Biológica
Quinta-feira, 21.07.11

Aos poucos e a tentar avançar com passos seguros começa a dinamizar-se no Faial a agricultura Biológica. Esta produção que se distingue por procurar o equilíbrio da natureza e a actividade humana encontra cada vez mais adeptos no sector que vê crescer paralelamente um nicho no mercado também muito atento a estas práticas saudáveis de produção. No entanto todo o processo é rigoroso e exige certificação específica das explorações e produtos para que possa ser comercializada sob este rótulo.

Nos Faial os seis produtores que aguardam por esta certificação formaram o Núcleo Dinamizador dos Agricultores Biológicos do Faial (NDABF) e procuram agora incentivar outros produtores, partilhando técnicas de produção e meios técnicos.

A inovação e a ciência trabalham lado a lado neste processo que contribui para beneficiar e uma boa qualidade de vida contribuindo para o desenvolvimento económico das comunidades rurais.

Um estudo recente às pastagens da região demonstrou que o Faial é a ilha onde as explorações apresentam menores níveis de adubação sendo esse um bom indício das boas práticas de produção e também da própria formação “anfiteatro “ da ilha que pode ser utilizada em benefício desta mudança da produção convencional para a produção biológica.

O próximo passo é conseguir a certificação de leite, passando para uma produção biológica, o que implica uma “desinfecção” dos terrenos e dos próprios animais de todos os vestígios de produtos químicos seguindo-se o entendimento processual com a Cooperativa Agrícola dos Lacticínios do Faial (CALF), Fábrica onde o leite será embalado, para que todas as fases de manuseamento do produto estejam de acordo com o que é obrigatório para a certificação.

Até lá o NDABF com o apoio das associações de agricultores da ilha vai promovendo incitativas que apontem os benefícios sustentados desta alteração que aposta num mercado selectivo tendo sempre como bandeira a qualidade, assim como apoia os produtores nos estudos para uma possível certificação.

É nesse sentido que se encontra na ilha a visitar varias explorações o Dr. Lázaro Simbine – especialista em homeopatia e pecuária em modo de produção biológico, que aborda junto dos proprietários diversas vertentes do tema, desde as bases da pecuária biológica, passos e prazos necessários à criação de uma unidade de produção de pecuária biológica abordando as potencialidades de crescimento do mercado na região desde o produtor ao consumidor.

Lazaro Simbine participou esta segunda-feira numa Tertúlia organizada pelo NDABF para esclarecimento e troca de experiencia sobre a agropecuária biológica aberta a todos os produtores interessados.

Ciente do potencial deste “novo” mercado, o Núcleo Dinamizador da Agricultura Biológica do Faial já agendou para Outubro as “Jornadas de Agropecuária Biológica do Faial”.

fonte:http://www.faialonline.com/

tags:
publicado por adm às 22:38 | link do post | comentar | favorito
pesquisar neste blog
 
links