Tudo sobre a Agricultura Biológica
Domingo, 16.03.14

Para ser certificado como de agricultura biológica, um alimento não pode ser produzido com pesticidas artificiais, adubos químicos de síntese nem organismos geneticamente modificados. Também deve ser cultivado num regime de reduzida poluição ambiental e pautar-se por normas de ética e respeito pelo bem-estar animal. 
Produtos biológicos como fruta, vegetais, cereais, carne e leite não vão tornar as pessoas que os consomem imediatamente mais saudáveis, já que por vezes têm níveis de nutrientes semelhantes aos alimentos produzidos pelo modo convencional. A maior diferença está na melhor qualidade do solo e na menor quantidade de químicos tóxicos em produtos biológicos.
Sabe-se hoje que um grande número de pesticidas está associado a doenças do sistema nervoso, alergias, alterações no equilíbrio hormonal, diminuição da fertilidade, enfraquecimento geral do sistema imunitário e incidência de diversos tipos de cancro. Optar por um consumo biológico é fugir deste cenário, mas também proteger o ambiente. Este modo de produção agrícola diminui entre 48% e 60% as emissões de dióxido de carbono, especialmente pela não utilização de fertilizantes sintéticos. Sempre que possível vale a pena optar por uma alimentação mais saudável e que contribui também para o equilíbrio da natureza e dos ecossistemas.

fonte:http://rr.sapo.pt/r

publicado por adm às 21:10 | link do post | favorito

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

pesquisar neste blog
 
links
subscrever feeds